Raise Up Solutions
Raise Up

20 março 2020

A importância da Análise de Dados em situações de emergência

A importância da Análise de Dados em situações de emergência

Sem a análise de dados, uma situação de emergência pode trazer consigo muito mais do que nervosismo. Podemos ser atingidos também pela falta de conhecimento e, até mesmo, por falsas informações, ou como são conhecidas, as fake news. Vivemos atualmente em uma pandemia, situação onde todo uma epidemia se espalha em grande escala, devido ao Covid-19 (Coronavírus) e, se manter informado, é de longe uma das maiores “armas” para essa situação.

Os leigos em informação são, metaforicamente falando, como cegos em um tiroteios, já que as medidas em uma situação emergencial, como a nossa, são tomadas de acordo com a quantidade de conhecimento adquirido.

Coleta e análise de dados já realizados

Para exemplificar e trazer mais conhecimento sobre a situação, apresentaremos a seguir dados já coletados que demonstram o poder da informação correta na potencialização da segurança em diversas situações.

Até o dia 15 de março, temos a informação que 55% dos infectados são homens, portanto, os outros 45% são mulheres. Além disso, a idade média dos infectados é de 43 anos, demonstrando que os jovens estão, de certa forma, mais seguros, porém, não imunes.

Os dados não param por aí, a taxa de mortalidade relacionada ao coronavírus também pode relatar como as ações deverão ser tomadas. Em média, a idade das vítimas fatais é de 46 anos, onde 50% está entre 32 e 58 anos e 25% está entre 58 a 94 anos. Outro curioso dado é que, dentre os dez países com mais mortes registradas, nove estão acima da média mundial de porcentagem de fumantes. Isso nos revela que, mais uma vez, a idade está altamente relacionada ao nível de perigo do vírus, além é claro, do ato de fumar.

A temperatura também entrou como um dado relevante. Foram listados os cinco países com maior número de casos da pandemia e, diferente do Brasil, todos são naturalmente mais frios que o nosso país. Podemos então, através dessa informação, deduzir que regiões onde a temperatura é mais baixa, podem ser áreas de maior risco.

Além disso, outro grande problema foi revelado com a ciência de mais dados. O Brasil, caso seja afetado rapidamente pelo surto da pandemia, poderá ter grandes problemas, já que a taxa de leito do país é de 2,2 a cada 1000 habitantes, um número extremamente preocupante. Isso ocorre de forma inversa nos países onde o vírus já é um grande problema, existindo uma correlação forte entre o uso de leitos e os tratamentos.

Pesquisa sempre trará dados importantes

Tendo os dados apresentados como exemplo, é fácil entender como as informações podem ser cruciais nas ações que podemos tomar, correto? E essa associação é de extrema relevância não apenas para situações de de emergência.

Imagine que você deseja abrir um novo negócio, mas não sabe se o investimento é correto. Você tem duas opções: arriscar e correr os riscos, ou, buscar conhecimento sobre concorrência, valor de mercado entre outros dados que afetariam o seu novo negócio. Não é preciso pensar duas vezes para entender qual é a opção mais segura. Portanto, é imprescindível dizer: pesquisa sempre tará dados importantes.

Outro importante ponto, é ressaltar que dados armazenados geram valor de negócio. É como mergulhar de forma profunda e específica no comportamento, cotidiano e até mesmo nas características mercadológicas do mundo atual, tudo isso, através da análise de algorítimos e informações comportamentais do próprio público-alvo, deixadas como rastros no mundo da web.

O poder da análise de dados é essencial para orientações estratégicas, sendo a maior e mais pura fonte de consulta antes de decidir como o seu negócio deve prosseguir, seguindo as tendências mundiais. Por essa razão, nunca deve-se subestimar o poder uma fonte de dados.

Quer saber mais sobre o assunto? CLIQUE AQUI e assista nosso WEBINAR!

Compartilhar:


Deixe seu comentário

Artigos Recomendados

Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados

Scroll to Top